MEDO, REVERÊNCIA, TERROR

( 0,00 )
Autor: CARLO GINZBURG
Editora: COMPANHIA DAS LETRAS
Páginas: 200
Ano: 2014
Edição: 1

Esta reunião de ensaios sobre as faces da política na arte tem como foco principal o papel do medo e paixões a ele relacionadas em obras visuais planejadas para comover politicamente o público a que se destinam - e assim persuadi-lo. O historiador italiano dá continuidade a uma vertente de interpretação esboçada por Aby Warburg há mais de cem anos. Como demonstram seus manuscritos, esse decano de toda uma geração de eminentes historiadores da arte no século XX foi obcecado pela sobrevivência de certas 'fórmulas de emoções' ao longo da história visual dos povos do Ocidente. Apesar de não ter se desenvolvido num tratado exclusivo, esse achado de Warburg continua com potencial de fertilizar todo um campo de estudos sobre a visualidade do horror e da dominação em obras artísticas de cunho político. Ginzburg inclui no desde o gesto acusador de Lorde Kitchener em cartazes de alistamento militar durante a Primeira Guerra até o vanguardismo estético e ideológico de Guernica, passando por seus antecedentes plásticos e literários na Antiguidade clássica, na Idade Média e no Renascimento.



Paypal    Google Site Seguro